George Cooper, neto do poeta Jorge Cooper, lança seu primeiro livro de poesias em Maragogi

George não pretende parar no primeiro. E confidencia já ter mais um projeto quase pronto.

Assessoria de Comunicação

George Cooper, neto do poeta Jorge Cooper, lança seu primeiro livro de poesias em Maragogi

Sabe-se que o ato de escrever um livro é o ofício mais solitário do mundo. Além de doloroso, o autor, como o ator, tem que penetrar na alma do personagem e experimentar seus dores. Mas, se a “gestação” traz dor e angústia, o “parto”, ao contrário, é de uma “profunda satisfação”, como bem disse o jovem poeta George Cooper, que acaba de lançar seu primeiro livro de poesias, cujo título é “Sonhos & Desejos”, pela CEPAL – Imprensa Oficial Graciliano Ramos. “Uma sensação de realização imensa”, acrescentou.

O coquetel de lançamento foi no último sábado, 15, e lotou um restaurante na orla de Maragogi, litoral norte de Alagoas. Durantes as horas que durou o evento, os amigos fizeram fila para adquirir o livro e conseguir um autógrafo do autor. “Felicidade total”, respondeu George, sobre ter seu trabalho agora nas mãos dos leitores, sendo lido, e, evidentemente, avaliado. “Eu, um rapaz de apenas 19 anos, e já ter seu primeiro livro lançado!” Por outro lado, ele tem consciência do julgamento. “Também tem aquele receio, de como as pessoas vão achar dos meus poemas. Tirando isso, é tudo incrível.”

George não pretende parar no primeiro. E confidencia já ter mais um projeto quase pronto. De poesias, novamente. Mas pretende aventurar-se noutros gêneros. Conto e romance. Se o sobrenome Cooper pesa na sua literatura? Sim. “Mesmo que o meu estilo seja diferente do meu avô e do meu pai. A figura deles pesa pelo simples fato de serem grandes escritores e o público vai cobrar ou criar uma expectativa sobre mim, esperar que faça grandes poemas.”

“George Cooper, diferente de outros tantos adolescentes que ousam registrar meramente seus sentimentos conturbados no papel, ou na tela do iPhone, leva poesia a sério”, escreveu o escritor José Valdemar de Oliveira no prefácio do livro. “E nos revela maturidade, quando escapa dos estereótipos dos singelos versos de amores – que rimam amor com flor e dor –, e permeia por labirintos mais densos. O garoto mostra um talento juvenil já com grande carga lírica nos poemas que compõem esse seu primeiro livro. George chega para ocupar o trono na dinastia literária dos Cooper na terra dos marechais.”

Sobre o autor – Nasceu em Recife, Pernambuco, transferiu-se para Maragogi aos 7 anos de idade, onde concluiu o Ensino Fundamental. Começou a escrever os poemas que compõem essa estreia literária aos 15 anos, ainda quando cursava o Ensino Médio na cidade de Limoeiro, Pernambuco. É neto de um dos maiores expoentes literários de Alagoas, o poeta Jorge Cooper (1911-1991), e filho de outro grande poeta, o médico Charles Cooper. Atualmente mora em Recife e cursa Direito na Universidade Católica.

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade

Cinemas