Orquestra Filarmônica de Alagoas estreia série Allegro – Schubert nesta quarta (10) no Teatro Deodoro

Com regência e direção artística do maestro Luiz Martins, concerto começa às 20h

Assessoria de Comunicação DITEAL / Hannah Copertino

Orquestra Filarmônica de Alagoas estreia série Allegro – Schubert nesta quarta (10) no Teatro Deodoro Sério Allegro busca despertar o gosto pela música clássica. Foto - Adalberto Farias

A Orquestra Filarmônica de Alagoas segue se reinventando e apresentando novos projetos ao público. Desta vez, os músicos trazem o espetáculo Allegro que propõe um passeio pela música clássica, nesta quarta-feira (10/04), a partir das 20h, no Teatro Deodoro, Centro de Maceió.

O preço dos ingressos varia entre R$ 15,00 e R$ 50,00, na bilheteria do Teatro Deodoro, das 14h às 18h, na Galeria Clube Lyon, na Jatiúca, e pelo  site  sympla.com.br/filarmonicadealagoas.

“É com muito prazer que abrimos as portas do Teatro Deodoro para receber mais uma apresentação da Orquestra Filarmônica de Alagoas. Os músicos têm nos presenteado com excelentes projetos e difundir a música de concerto é uma ação muito importante que a Diretoria de Teatros do Estado de Alagoas, Diteal, também vem trabalhando, a exemplo do projeto Quartas Eruditas”, pontuou a diretora presidente da Diteal, Sheila Maluf.

A Filarmônica desafia ao público e questiona: “Quem tem medo de música clássica?”, reascendendo a pergunta do ex-senador e apresentador Artur da Távola, no programa que foi veiculado pela TV Senado. O objetivo da orquestra é estimular o público a viver, experimentar e desmistificar a música clássica.

De acordo com os dirigentes da orquestra, estudos comprovam que ouvir música clássica reduz a dor e a ansiedade, baixa a pressão arterial, combate a insônia, desperta emoções, ajuda no desenvolvimento do cérebro das crianças e até mesmo dos bebês, acalma os nervos, entre tantos outros benefícios.

O concerto de estreia da série Allegro da Filarmônica traz obras de compositores que, para o grupo, estão associados a sonoridades exuberantes, ressurgindo com intensidades únicas em vários momentos.

A noite começa com a Light Cavalry de Franz Von Suppé; em seguida, a Filarmônica presenteia o público com a Sinfonia Inacabada de Franz Schubert, compositor conhecido pelos lieds e pela famosa Ave Maria; o terceiro homenageado da noite é Jean Sibelius com seu poema sinfônico Finlandia; por fim, a Pomp and Circunstance, comemorando a estreia da Série Allegro, dedicada aos amantes da música de concerto e a todos os que nunca tiveram a oportunidade de contato com esse tipo de música.

“A proposta da Série Allegro é apresentar concertos tradicionais de orquestra, oportunizando para o público alagoano o acesso a esse tipo de espetáculo. Tem também o objetivo de formação de plateia e refinamento técnico da orquestra. Apresentar a Série Allegro é mais um grande desafio por ser dedicada ao repertório erudito, segmento pouco difundido no estado. Neste contexto, procuramos selecionar para 2019 programas cujas obras sejam de conhecimento popular, composições muito conhecidas inseridas dentro do universo sinfônico para tornar o concerto mais atrativo. Desta forma, conseguiremos formar plateia e ter uma lotação considerada nos concertos para podermos arcar com todos os cachês e custos de uma grande produção”, explicou o contrabaixista e dirigente da orquestra, Thiago Amaral.

Serviço:

Orquestra Filarmônica de Alagoas estreia Série Allegro – Schubert

Quando – Quarta-feira (10/04), às 20h.

Local – Teatro Deodoro, Centro de Maceió.

Ingresso – De R$ 15,00 a R$ 50,00, na bilheteria do Teatro Deodoro, das 14h às 18h, na Galeria Clube Lyon, na Jatiúca, e pelo sitesympla.com.br/filarmonicadealagoas.

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade