SMS prepara nova campanha contra a Poliomielite

Atenção pais de crianças de seis meses a menores de 05 anos. Em novembro será realizada mais uma campanha de vacinação contra a Poliomielite. A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) realizará esta etapa entre os dias 08 e 28. Para facilitar o acesso à imunização, unidades de saúde, shopping e supermercados também funcionarão como pontos de vacinação.Atenção pais de crianças de […]

SMS prepara nova campanha contra a Poliomielite

Atenção pais de crianças de seis meses a menores de 05 anos. Em novembro será realizada mais uma campanha de vacinação contra a Poliomielite. A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) realizará esta etapa entre os dias 08 e 28. Para facilitar o acesso à imunização, unidades de saúde, shopping e supermercados também funcionarão como pontos de vacinação.Atenção pais de crianças de seis meses a menores de 05 anos. Em novembro será realizada mais uma campanha de vacinação contra a Poliomielite. A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) realizará esta etapa entre os dias 08 e 28. Para facilitar o acesso à imunização, unidades de saúde, shopping e supermercados também funcionarão como pontos de vacinação.

Apesar de ser considerada uma doença altamente contagiosa, o último caso de poliomielite registrado no Brasil foi em 1989 e o País mantém uma cobertura vacinal acima de 95%. No entanto, em maio deste ano a Organização Mundial de Saúde decretou estado de emergência de saúde pública após o registro, desde janeiro, de casos no Afeganistão, Iraque e Guiné Equatorial. A doença, provocada pelo poliovírus, que ataca, principalmente, a medula espinhal, prejudica os neurônios motores e provoca inflamação, pode causar paralisia em algumas horas e, em alguns casos, ser fatal.

“Não há tratamento para a poliomielite. A melhor forma é a prevenção, ou seja, vacinando os filhos nas épocas recomendadas. Os sintomas iniciais são parecidos com uma gripe associada com náuseas, vômitos e dores abdominais. Esse vírus é capaz de chegar ao sistema nervoso através da corrente sanguínea, podendo ocasionar paralisia total, principalmente das pernas”, explica a enfermeira do Programa Nacional de Imunização (PNI) da Secretaria Municipal de Saúde, Juliana Veras.

 

O dia D da campanha acontece nos dia 08 e dia 22 de novembro com ações para chamar a atenção do público para a necessidade da vacinação.


Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade