Superstar erra ao tratar banda Malta como vencedora antes mesmo da final

Se levados em consideração os muitos problemas da estreia, o “Superstar” melhorou muito. Tornou-se mais fluido, ganhou maior entrosamento entre os jurados. A audiência pode ficar abaixo do desejado, assim como a dispensável estratégia de colocar famosos na plateia para ofuscar os músicos, mas, sim, o programa evoluiu bastante. Há que se criticar, no entanto, […]

Superstar erra ao tratar banda Malta como vencedora antes mesmo da final

Se levados em consideração os muitos problemas da estreia, o “Superstar” melhorou muito. Tornou-se mais fluido, ganhou maior entrosamento entre os jurados. A audiência pode ficar abaixo do desejado, assim como a dispensável estratégia de colocar famosos na plateia para ofuscar os músicos, mas, sim, o programa evoluiu bastante. Há que se criticar, no entanto, é o afã do reality show em tratar uma banda em específico como vencedora. Nas últimas semanas, não são poucos os elogios rasgados à Malta, feitos por Fernanda Lima e pelo júri. O clima de já ganhou parece declarado. Para citar algumas das frases que demonstram a preferência explícita da equipe no último domingo (29) estão:

– “Não há dúvida de que a Banda Malta fará parte do futuro do rock brasileiro”, disse Fernanda Lima, que ainda acrescentou: “Estamos todos fanáticos por Malta”.

– “Vocês não precisam mais passar de fase, vocês estão além disso”, completou Ivete Sangalo, que ainda contou que funcionário de hotel falou do grupo.

São apenas dois exemplos rápidos do tratamento diferenciado dispensado ao grupo. Não se questiona aqui o talento ou gosto musical dos artistas, mas é no mínimo estranho que a preferência fique tão clara semanas após semana. Se é para coroar a Malta antes do tempo é melhor antecipar o fim do programa.

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade